s
arrumando...

viagem | África do Sul, Cape Town e Kruger Park

31 de outubro de 2011

Olá, amigos!
Como muitos acompanharam no facebook e twitter, na semana retrasada fizemos uma viagem incrível pela África do Sul. É claro que tirei zilhões de fotos, mas filtrei algumas para mostrar pra vocês. São muitas cores e muita VIDA que deixa a gente louca querendo fotografar tudo. Em qualquer lugar que você vá dá de cara com um bichinho, com uma paisagem maravilhosa, com um rosto sul africano marcante, tudo super fotografável. Até o dinheiro é LINDO! 🙂

Começamos por Cape Town. Cidade linda demais, limpa, organizada… E o trânsito? Dá inveja!!!

Quando programei a viagem fiquei pesquisando muitos blogs e sites sobre o turismo na África do Sul. Uma questão comum era a velha dúvida: Fazer tudo por conta ou fazer pacote em agência de turismo? Até que li a dica no blog do Ricardo Freire dizendo que para lugares mais exóticos e ecoturismo, os pacotes são mão na roda. Então escolhi a agência Adventure Club e não me arrependo de nada! Para Cape Town escolhi dois passeios pela manhã, assim teria as tardes livres para voltar onde mais tivesse gostado, ou para fazer outras coisas com mais liberdade, como por exemplo subir a Table Mountain.






Esse bairro com várias casinhas coloridas é o bairro muçulmano de Cape Town. Nesse City Tour também conhecemos um parque bem legal e passamos pelo estádio de futebol (que após a Copa ficou abandonado, uma pena!) No dia seguinte fizemos o Peninsula Tour, muito bacana também! Visitamos os pinguins e fomos ao Cabo da Boa Esperança beeeeeem na pontinha do continente. Foi emocionante estar ali, tão longe de casa, e lembrando das aulas de História da 5ª série. 🙂 Pelo caminho esbarramos com uma família de babuínos! Lindos! E no fim do passeio ficamos no Waterfront.
Aliás, todos os 3 dias fomos ao Waterfront, um lugar que lembra muito Puerto Madero, em Buenos Aires. Muitas lojinhas, restaurantes maravilhosos, um shopping cheio de lojas tentadoras 🙂 e um Aquário! Eu já conhecia outros aquários no mundo, mas nunca tinha ido com Alexandre, a gente não se animava em outras viagens… Mas como desta vez estávamos bem ali em frente e sem planos já que a Table Mountain estava fechada, decidimos ir. Foi ótimo! Tinha uns pinguins fofos que nadavam fazendo gracinha pra gente. (depois vou tentar postar alguns videos, tem coisa que no video fica muito mais lindo que na foto 🙂 E claro, tinha os tubarões incríveis.

























 

No último dia conseguimos subir a Table Mountain! É muito legal caminhar lá em cima, naquela imensidão. É uma sensação de liberdade, uma grandeza, uma beleza enorme, um visual…. estar lá no alto enche a gente de paz, sabe? Acho que é isso que eu senti em toda a minha estadia na África do Sul, uma paz muito grande.




 

Finalmente chegou o dia de irmos para a região do Kruger Park, a parte mais esperada e desejada. Queríamos logo ver os “Big Five” e não saberíamos se era possível. Então tinha uma mistura de ansiedade, curiosidade, e da minha parte ainda tinha a emoção (medo) do avião teco teco que pegaríamos. Para completar, o voo atrasou! Além disso eles não tinham cerimônia em dizer que o avião QUEBROU e tiveram que providenciar outro. Ok ok…. entramos então num jatinho quase 2 horas depois da hora prevista. Eu já estava tensa e com medo de perder o primeiro safári do dia, e mais tensa com o avião quebrado, mas para nos consolar o piloto disse que fomos colocados num avião mais moderno e RÁPIDO, e que chegaríamos em 30 minutos. Humm… menos mal.

Aí começou o meu êxtase! A gente chega no aeroporto (super rústico) e já entra no Kapama. Trata-se de uma reserva particular nos arredores do Kruger Park, onde ficam os lodges para hospedar os turistas. São 5 Kapamas 5 estrelas, extraordinários. Nós ficamos no Kapama River Lodge, um espetáculo!!! Um ranger já busca a gente no aeroporto em veículo de safári, então tudo o que passei de espera e medo no aeroporto até estar em terra firme PASSOU rapidamente. Eu estava maravilhada! No caminho para o lodge já víamos impalas e girafas. Era só para dar um gostinho do que esperar dos safáris. Chegamos por volta das 14:30 e fomos super bem recebidos com um drink delicioso, num astral e numa energia surreal de tão gostosa! Descansamos um pouco na beira da piscina até a hora do safári, às 16:30.

Logo no primeiro safári vimos um leão e sua leoa. Quase MORRI!!!!!! Leão é o meu animal mais predileto de todos!!! Foi muita emoção poder vê-lo LIVRE, no seu habitat natural, como todos os animais deveriam ser! Logo em seguida presenciamos a leoa caçando! Ela ficou observando a sua presa super atenta, andando devagarinho e depois partiu em sua direção, mas não vimos consumar a caça, pois entrou savana a dentro fora da nossa visão.
Tem o lado triste… em outro dia vimos uma girafa morta. 🙁 A barriga foi devorada e parecia recente. Imaginamos que as leoas que vimos antes haviam jantado a pobrezinha pois nitidamente as leoas estavam de barriga cheia, na sombrinha, fazendo a digestão.

Além do leão, fazem parte dos “Big Five” o rinoceronte, elefante, búfalo e leopardo. Nossa ranger, a Veruska, logo nos disse que seria difícil encontrar o leopardo. Ela contou que eles são muito rebeldes, mais ariscos e se escondem com facilidade. Eles mal conseguem fazer um senso de quantos leopardos há na reserva do Kapama porque eles pulam as divisas, depois voltam, outros não voltam… Enfim….
A verdade é que por esse motivo, a parte mais emocionante de todas foi quando conseguimos ver um leopardo!! E-MO-CIO-NAN-TE!!!!!! Ele estava jantando um javali que acabara de caçar. Estava no alto da árvore tão faminto que nem se abalou com a nossa presença! Genteeeee, MARAVILHOSO sentir a vida VIVA assim!!!




Nosso tracker, Alfred. O tracker é o cara que fica bem na frente do veículo atento observando os animais, rastreando pegadas e guiando o ranger.

Nossa ranger, Veruska. O ranger é a pessoa que dirige o veículo e fala sobre os animais que avistamos.
Os dois são nascidos e criados na África do Sul, esse país multicolorido! Todos os funcionários do Kapama falavam africanês entre eles. Era bonito de ouvir, como disse Alexandre, é uma língua bem sonora. Mas às vezes dava aflição não entender o que eles falavam nos radinhos. 🙂 Com os turistas eles falavam em inglês.

Abutres, sinal de carcaças e leões próximos.








No por do sol, pausa no meio da savana para um drink! DELICIAAAAAAA!!!



Um pouquinho do hotel:




O jantar era num ambiente aberto com uma fogueira e muitas lamparinas. Comemos um churrasco de cordeiro dos deuses! Nunca tinha comido cordeiro e só de estar escrevendo tá me dando água na boca! Hummmmm
Mas voltando aos safáris…
No dia seguinte vimos muitos bebês! Rinoceronte e seu bebê, hipopótamo e seu bebê, elefantes e seus bebês…. búfalos e búfalinhos! 🙂
Vimos também o local onde fazem passeios com elefantes, mas a gente não fez esse passeio. O gostoso foi ver dois elefantinhos brincando.













No safári da manhã era pausa para um café.
A rotina era assim: as 5:00 eles acordam a gente por telefone. As 5:30 devemos tomar um pré-café (que é como o café normal nosso) com leite, paezinhos, café, bolo. E saímos para o safári às 6:00.
Às 9:00 voltamos do safári e tomamos o que eles chamam de café da manhã. O café da manhã na África é super esquisito, tem comida junto. Omelete, crepe, carne moída, e mais os paes, geleias sucos, leite, cereais…. vixi maria, dá pra fazer uma dieta de engorda BOA lá. 🙂
Na volta do safári o lance é curtir o hotel. Tomar uma cerveja africana na varanda do quarto, ou relaxar na piscina, almoçar, e depois tirar aquele sono gostoso antes do próximo safári.





 

A gente ficava na piscina e via uma família de impalas passando… era muito gostoso! Eu escrevia pra minha mãe e para a Carol sem saber descrever a paz que o lugar trazia pra mim, o quanto eu me sentia viva ali e me dando conta de como nos prendemos com preocupações e muitas coisas tão pequenas durante o nosso dia a dia. A vida é MUITO MAIS maravilhosa do que tantas miudezas que lemos na internet ou que vivenciamos no nosso cotidiano. E eu mal esperava o que estava por vir no safari da noite….
















Enfim…. 4 safáris (mas eu faria 6!!!) em 2 noites (eu ficaria 4!!!) no Kapama, incríiiiiveis! Fechando com chave de ouro dando de cara com o leopardo, concluindo então as fotos de todos os “Big Five” para o meu álbum da África do Sul. O último dia foi tristinho…. mas vamos voltar com certeza! Talvez em outro país para conhecer mais lugares e pessoas diferentes, ainda não sabemos qual. Temos só a certeza de que vamos voltar ao continente africano.

 

A volta além de triste por estar indo embora, foi traumática no teco teco. Um avião tão velho, mas tãããããão velho que nem tinha ar condicionado! As pessoas suavam e se abanavam (as aeromoças, inclusive). 🙂 Mas sobrevivi! É o que importa! E cheia de histórias para contar. Tentei resumir ao máximo no post e espero que gostem e se animem de conhecer a África do Sul! Vale a pena.

Boa semana para todos!
Beijos! Fabi

Comente com Facebook

Comentários

    15 comentários

  • Avatar
    Carlos Leandro 31 de outubro de 2011
    Reply

    Fantástico !!! Que EUROPA e EUA que nada… vou mudar meus planos para 2012 !

    Bjs !

  • Avatar
    Aline Machado 31 de outubro de 2011
    Reply

    que LINDO Fabricia! amei cada foto e cada frase desse post 🙂

  • Avatar
    Isabela 31 de outubro de 2011
    Reply

    Lindas fotos! Lindos lugares! bjks

  • Avatar
    Dri Miller 31 de outubro de 2011
    Reply

    Amei demais!!!
    Agora se prepara, pois vocês já estão contaminados pela “febre Africana” e vão querer voltar sempre!
    Eu já estou planejando mais um safari pro ano que vem!!

  • Avatar
    Bete Wanis 31 de outubro de 2011
    Reply

    Simplesmente espetacular! Fiquei fascinada com tudo!!! Com certeza quero conhecer!

  • Avatar
    Fernando Paes 1 de novembro de 2011
    Reply

    Parabéns pelas fotos… belíssimas. Deu mta vontade de ir para lá.
    Estou também com um blog sobre turismo… http://www.exploradoresurbanos.com.br

  • Avatar
    Marcella Caiafa 1 de novembro de 2011
    Reply

    Arrasouuu… as fotos estão divinas!!!

  • Avatar
    Andrea Paes 2 de novembro de 2011
    Reply

    Estou E-MO-CIO-NA-DA com tudo que vc descreveu! Impossível não desejar estar nesse lugar e aproveitar a vida *in natura*.
    Vc descreveu tão bem os lugares, as pessoas e o que sentiu, que me senti junto, aproveitando tudo. Só que a saudade que sinto desse lugar que nunca estive é vazia.
    PRE-CI-SO ir! rs
    Assim, agradeço por compartilhar sua experiência. A vontade que eu tinha de ir vinha com um medo terrível da viagem. Mas agora, vou seguir suas pegadas nessa aventura, e espero em breve poder compartilhar tb!
    Beijinhos,

  • Avatar
    Carolina Pires 2 de novembro de 2011
    Reply

    MUITO gostoso ver a África ue eu acabei de ver pelos olhos de outra pessoa! Ainda mais uma pessoa que eu amo 🙂 Não vimos todos esses bichos, o leopardo não deu as caras 🙂 Como em uma semana muda tudo, tempo, clima, localização dos bichos… AMEI ver suas fotos, AMEI suas notícias de lá! Eu vibrava aqui junto te imaginando com um sorrisão! A nossa viagem foi junta sim, quem disse que não? :)) BEIJO, AMEI e amei a foto do casal <3
    🙂

  • Avatar
    Simone Lima 3 de novembro de 2011
    Reply

    Sabe que sempre passo por aqui, porque tenho uma simpatia enorme pela sua pessoa e sempre tem uma surpresa para ver em seu blog, como esta linda de morrer que acabei de ver … Nem na globo vi uma reportagem tão sensível ! Eu aqui trancadinha como sempre na minha salinha editando, editando, acabei viajando para a Africa do Sul e vi tanta liberdade em suas fotos, que me senti livre. Agora me sinto melhor para continuar trabalhando. Obrigado !

  • Avatar
    Bruna Martins 10 de novembro de 2011
    Reply

    Fotos incríveis!!!!

  • Avatar
    22 de novembro de 2011
    Reply

    Nunca deixei um comentário aqui no seu blog,sou super fã do seu trabalho, leio sempre o seu blog e confesso que ADOREI ver aqui retratado pelos olhos de uma super profissional uma parte da incrível África, não tenho dúvida que essa viagem foi incrível.
    Morei 2 anos na África e ter feito safari posso dizer que é uma experiência inesquecível, super diferente e que todos deveriam fazer uma dia, a emoção de derrepente ver um leão, as girafas quietinhas para não chamar atenção dos leões, uma manada de elefante cruzando o caminho do seu carro ou derrepente uma tentativa de caça das leoas é incrível. Suas fotos são indescritivelmente maravilhosas, obrigada por dividir conosco.

  • Avatar
    Vera Buonomo 9 de maio de 2012
    Reply

    Adorei seu blog e sua viagem a Africa do Sul!!! fotos lindas e retratam exatamente a vida naquele pais maravilhoso. parabens pelo blog!

  • Avatar
    Gui 1 de abril de 2014
    Reply

    Ótimo relato, e as fotos estão DEMAIS! 🙂
    Muito bonitas, evocando todo o sentimentos que você descreveu no texto.
    África é um celeiro de experiências formidáveis, se voltar lá, tente o leste. Tanzânia, Quênia e Ruanda são formidáveis.

  • Avatar
    Daniele Correa 26 de julho de 2014
    Reply

    Amei suas fotos e seus comentários!
    Estamos indo em setembro para Africa do Sul, mas a agência nos indicou o “Sanbona
    Wildlife Reserve”, você conhece, é bom para ver os big five?

  • Deixe um comentário