s
arrumando...

receitas | macarronada da vovó

17 de julho de 2010

Há alguns meses tomei a decisão de ter diarista apenas 1X por semana. Isso foi até meio de propósito para que eu pudesse soltar um pouco o computador e fazer outras coisas que tanto amo, como por exemplo, cozinhar. Eu mesma tenho cozinhado praticamente todos os dias. Vez ou outra não dá. Ou enjoo da minha própria comida, aí vou almoçar no self-service. Mas a verdade é que eu adoro esse meu lado dona de casa. Eu não me considero uma boa dona de casa…. longe disso. Dona de casa BOA mesmo é a minha cunhada, que vive para a casa, para os filhos, cuida de tudo impecavelmente e lida com empregada como ninguém, coisa que sou um fracasso! :-))) Ela devia fazer um workshop sobre como ser uma excelente dona de casa. Estou falando sério! Super sério! Porque não é fácil não… e muitas noivas possuem essa dificuldade. Já tive noiva dizendo pra mim o quanto sente dificuldade por nunca ter tido a obrigação de fazer nada – “Minha mãe fazia tudo pra mim”, dizem. Não é o caso de todas, mas é o caso de algumas. E de repente você tem que saber cozinhar, lavar, passar. Por mais que você contrate uma empregada, sempre poderá surgir uma emergência em que precise lidar com uma dessas tarefas. :-)))

Mas como o tema é a cozinha, vou compartilhar uma receita de FAMÍLIA! Modéstia a parte, ninguém da minha família (além da minha avó, dona absoluta da receita) consegue fazer. É a macarronada com carne. Huuuummmmm…. ela fazia todo domingo! Também não vou me gabar e dizer que sou ótima na cozinha. Sou ótima com receitas de família, tipo panqueca da mamãe, macarronada da vovó…. essas coisas. Porque receita de livro, internet ou qualquer outra coisa, sou um desastre. Sinceramente, na minha opinião, todos esses livros nos enganam. Acho que eles não contam os segredos reais de como fazer bem aquele prato lindo da foto. Mas eu vou contar como se faz essa macarronada, simples, e rápida de preparar. É para aqueles dias que dá vontade de uma comida bem caseira, comida de mãe mesmo. O segredo? Uma pitadinha de açúcar! :-))

PARA DUAS PESSOAS – Ingredientes

1 pacote de macarrão fino (eu compro aquele pacotinho piraquê Sport, que dá pra mim e pro Alexandre certinho)
1 lata de extrato de tomate Elefante (eu só uso esse pq vovó falava pra usar só esse! nada de molho pronto, faz favor!)
Carne cortadinha em quadradinhos (putz… não sei agora a quantidade, pode fazer 1/2 kg. Eu compro aquelas bandejas já prontas e cortadas no mercado, porque não sei fazer açougue como uma dona de casa profissional). Pode ser acém, ontem eu fiz com alcatra.
2 cubos de calde de carne
1 pitada de Alho (aqui só rola Meu Alho)
1 colher de sopa de manteiga
1/2 colher de sobremesa de açúcar
Queijo ralado a vontade
1 Skol Long Neck (para beber enquanto prepara a macarronada) hahahaha Hummmm

MODO DE PREPARO

Na panela de pressão, coloque 1 fio de óleo para fritar 1 pitada de alho e jogue a carne.
Jogue os 2 cubos de caldo de carne
Frite a carne, até ela dourar.
Despeje 1 lata de extrato de tomate e fique mexendo até que sinta desgrudar
Despeje 2 latas (dessa do extrato) de água.
Coloque 1 pouco de açúcar (metade de uma colher de sobremesa)
Dá uma misturadinha básica e tampe a panela de pressão.
Deixe no fogo alto e quando a panela começar a gritar, abaixe o fogo e deixe uns 20 minutinhos.

Atenção, você, nova dona de casa que como eu morria de medo de panela de pressão. Barata? Rato? Cupim??? Nããããããããão, meu maior medo sempre foi (e será) a panela de pressão. Mas sejam fortes, pois a panela de pressão é uma excelente aliada na cozinha. Nunca que eu vou tirar a pressão como mamãe fazia, então o meu macete é o seguinte: Pega um garfo e deixe ele apoiando a válvula um pouco levantada para sair a pressão. Acho que existem panelas mais modernas, sem válvula, ou com mecanismos menos assustadores que esse da minha panela que é antiga, mas sabe como é… Panela velha é que faz comida boa. Essa foi presente da avó do Alexandre, anos atrás. Tem um valor sentimental. :-))))) Ela me deu dizendo: “Pra você fazer feijão” (coisa que eu não tinha idéia de como se fazia).

Então…. o macarrão! Simples: cozinha só com sal (esse da piraquê pede para não colocar óleo) numa panela com água. Acho que todo mundo sabe: ficou molinho, tá pronto.
O gostoso é depois passar o macarrão na manteiga. Eu sempre faço isso. Adoro. E depois de 20 minutos na pressão, o molho tá pronto. É só servir. Um pãozinho cai bem. Eu preparo uma travessa já com molho, mas sempre coloco molho a parte em outra travessa, para quem quiser maaaaaais molho. Huuuuuuuuuuuuuuummmm…..

Espero que gostem! 🙂 Agora vou fazer só um bife básico para partir pro casório do dia.
Beijosssss!

PS: Fotos com iphone

Comente com Facebook

Comentários

    12 comentários

  • Daniela Siqueira 17 de julho de 2010
    Reply

    Humm, q delícia! Tb não sou muito boa na cozinha não, só com algumas receitinhas q já peguei a prática. Será q consigo fazer esse macarrão?? 🙂
    Ah, a minha panela é igual a sua e eu tiro a pressão colocando ela na pia e deixando correr água nas laterais. É bem mais rápido.
    Bjin!
    Dani

  • Fabi 18 de julho de 2010
    Reply

    Daniela! Vc faz igual a minha mãe. :-)))) Mas assim é perigoso. MEDO!

  • Carolina Pires 18 de julho de 2010
    Reply

    MEO DEOS! vou anotar para quando o regime permitir :))))

  • Dani Rocha 19 de julho de 2010
    Reply

    Fabricia.
    Sempre cozinhei até pq minha mãe trabalhava e ñ tínhamos empregada ai tive que ir para cozinha cedo, nunca tive medo de panela de pressão, cozinho até leite moça, só tenho medo da lata explodir, depois de começar a trabalhar feito louca como fotógrafa e a Clarinha nascer tive que ter uma empregada, até pq ñ dou conta de tudo 2 filhos, escola, comida, roupas, fotografia, noivas, e etc… Por isso que as vezes grito no twitter e peço socorro. Como eu queria ser mais organizada, rsrs… Isso é papo para mil anos, até está parecendo um divã.
    Bjs

  • Danee 19 de julho de 2010
    Reply

    Estou nesse exato momento fazendo o macarrão da sua avó, espero que fique tão apetitoso quanto o seu.
    beijocas

  • Danee 19 de julho de 2010
    Reply

    Fiz e ficou show! O molho que sobrou na travessa raspasmos com um pãozinho. Delíci, delícia.
    beijocas

  • Aislan Nascimento 21 de julho de 2010
    Reply

    Não é que tá maior cara de DELICIOSOOOOOO!!!
    Pode crer que acabei de anotar sua receita para o almoço de amanhã…espero que fique tão bom quanto esse aí!!!!
    Beijos…Te ADOROOOOO!!!

  • BIANCA 21 de julho de 2010
    Reply

    Amiga,adorei!!!!!!!!!!Vou fazer para o Henrique!!!!!!!bjssss

  • Rachel 22 de julho de 2010
    Reply

    Essa receita eu vou fazer, parece ser bem simples, só falta a panela de pressão!!! Nova dona de casa, vc entende??!!!hahaha Valeu pela dica!

  • Aline Machado 25 de julho de 2010
    Reply

    Huuum que delícia que deve ficar! molinho de fazer…
    Anotado pro próximo almoço de domingo!
    Eu também morria de medo de panela de pressão. Comprei uma mas fiquei anos sem usá-la, simplesmente ignorava a presença dela no armário da cozinha!!
    Você pode criar uma categoria “Cozinhando com Fabricia Soares”. Já tenho até uma sugestão pro próximo post assim: Cachorro quente famoso da Fabricia!
    Beijos!

  • Graça 28 de julho de 2010
    Reply

    Nem me convidou!!!! rsrsrsrs
    Bjs

  • Samya Chieza 2 de agosto de 2010
    Reply

    AAAhhhhhhh!!!! Adorei o post!! Essa semana que passou, mais preciso quinta-feira (29/08) foi a minha primeira experiência com a panela de pressão!!! Eu tbm morria de medo dessa panela. E parece mentira, sabe quantas ganhei de presente de casamento?!?! 6!!! Isso mesmo 6 panelas. Claro que troquei, mas acho que era um sinal dos Deuses…. hahahahhaha
    Fiz uma sopa de legumes que ficou deliciosa. A próxima receitinha será feijão e sopa de mandioquinha (a pedido do maridão). Beijos, beijos, beijos…saudades

  • Deixe um comentário

Fale comigo no whatsapp!